Sunday, February 13, 2011

It´s About Time...

A Igreja inglesa, pouco depois de David Cameron ter anunciado publicamente a "morte do multiculturalismo" deixou-se de mariquices politicamente correctas e aconselhou as escolas a não servirem comida halal.  A palavra halal significa, "aquilo que é permitido" pela sharia a lei islâmica. O abate do animais é completamente desumano. O sangramento total do animal é feito pelo corte da carótida e da jugular (cortando assim o pescoço), enquanto ainda vivo, e suspendem o animal pelas patas traseiras até que deixe de deitar sangue.
 A Igreja anglicana tomou posição contra a comida halal, após membros daquela Igreja se terem queixado que a grande difusão daquele tipo de comida está efectivamente a "espalhar" a lei da sharia por todo o país.

3 comments:

FireHead said...

A própria "igreja anglicana" está em crise, mas é bom saber que finalmente alguém tomou uma iniciativa para combater a discriminação. No caso os não-muçulmanos em relação à imposição da carne "halal" por parte dos idólatras muçulmanos.

rui mig said...

E esperemos que não fiquem por aqui e continuem a combater outros "halals". Em certa medida o Reino Unido está mais islamizado do que a própria França.

FireHead said...

Nós possivelmente já comemos carne "halal"...