Wednesday, February 16, 2011

Lara Logan Violada No Cairo



Toda esta lamentável cena ficou ainda mais pornográfica, pois enquanto a violavam, os ordinários criminosos  gritavam "Judia.!..Judia!". A própria CBS do tal jornalismo de excelência, procurou censurar este facto. Porquê? Porque como dhimmis não ousam ofender qualquer coisa vinda dos lados dos maometanos. Mesmo no caso de violação a uma colega de profissão! A dhimmitude e a falta de decoro vai alta nos "profissionais" da comunicação social. Segundo parece, Logan tinha afirmado à edição on Line da Esquire que os militares egipcíos acusaram-na de ser espía israelita. Estamos bem a ver para quem é que vai sobrar a tal "revolução democrática egipcia".

Lara Logan é correspondente da CBS e repórter do programa 60 minutos.

1 comment:

FireHead said...

E ela nem sequer é judia. Para os muçulmanos vale tudo, mas pior mesmo é a cobardia dos média. Só a NY Post é que teve tomates para dizer a verdade.